Bodan

Quando trabalhamos no treino de cães, de entre todos os que conhecemos, temos aquele cão que de alguma forma nos marcou mais.

Não esquecendo todos os cães que passaram pela minha vida,  houve um cão que fez mudar muita coisa. Chamava-se Bodan. A ele devo a descoberta da forma de trabalho que sigo e por ele (mas não só) mantenho-me nesse caminho, porque foi a dor que ele passou antes de chegar às minhas mãos, que me fez procurar uma alternativa. É por isso que o considero o meu grande professor e o meu melhor e maior mestre de treino de cães.

Por tudo o que fizeste bem e por tudo o que eu fiz mal…

Um dia voltaremos a encontrar-nos.