Os perigos da internet para os cães

Grande número de pessoas navega pela internet em busca de informação, dicas e soluções para vários temas. Como não podia deixar de ser “educação e treino de cães” é uma das pesquisas. Esta pessoa tem o interesse e motivação para solucionar o que poderá ser um problema no futuro. Tudo complica porque na internet existe muita informação, boa e má, actualizada e desactualizada, verdadeira ou falsa.

Uma forma de ganhar dinheiro na internet é ter um site sobre um tema ou generalista, um grande tráfego nesse site faz com que o site seja mais visível, a partir daí é possível publicar anúncios pagos. Começa a busca de conteúdos. Os entendidos sabem que o tema “animais” traz audiência. Procuram textos que copiam e colam no site. Depois, alguém pesquisa e encontra o texto que pode ter informação errada ou desactualizada e em vez de resolver o problema ou ficar bem informado acaba por ficar igual ou pior…

Quando lemos um texto ou pesquisamos informação nunca devemos esquecer de usar um filtro (que se chama bom senso e está no nosso cérebro) para perceber se a informação faz ou não sentido, se é sensacionalismo, se é informação actual.

No que diz respeito aos cães a informação é rapidamente actualizada, cada vez mais pessoas se dedicam ao estudo e frequentemente trazem boas informações e actuais. Por outro lado, ainda encontramos muita informação ultrapassada e falsa por estar em maior quantidade.

Cada cão é um cão, cada situação é única e não devemos apoiar-nos apenas no primeiro texto ou no que alguém nos diz. É importante o tal filtro, procurar mais e investigar, é o nosso cão que queremos ajudar.

Soluções rápidas e fáceis não existem, “O que é fácil está feito, o difícil há-de fazer-se.”

João Pedro – Educador Canino

Mania dos Cães