Ansiedade por separação ou ansiedade por presença?

Há cães que sofrem de ansiedade por separação e há cães que sofrem do que se pode chamar de ansiedade por presença… Por incrível que pareça há cães que só conseguem ter sossego depois de a família humana sair de casa e os deixar sozinhos! São cães que vivem normalmente em famílias que passam o tempo atrás deles a fazer-lhes tudo e mais alguma coisa, seja o bom (se é que podemos chamar assim) seja o mau. A comunicação com o cão é do pior tipo e o cão é sempre o culpado de fazer ou não fazer as coisas. Este tipo de família nunca é capaz de fazer uma auto análise e pensar um segundo no que se passa na cabeça do cão. Acredito que se trata de pessoas que estão convencidas que o cão enquanto embrião foi programado para saber viver num mundo que não é o dele ou provavelmente acreditam que o espermatozoide já saiu dos testículos do cão (pai) programado para saber o que elas querem ou o que o cão tem que fazer sem nunca terem tirado o rabo do sofá para lhe tentar ensinar ou compreender o que quer que seja. Na cabeça dessas pessoas “o cão tem de…”, “o cão não pode…”, “o cão devia…”, tudo é responsabilidade do cão, nunca delas… Se é fácil identificar este tipo de cães? É, infelizmente demasiado fácil, o que falta são pessoas que olhem para eles e os vejam…

João Pedro

Mania dos Cães – Educação e Treino Canino